Como conseguir chegar em um Colecionador de NFT?

Updated: Aug 20

Ou como não chegar, talvez seja ainda mais importante. Existem diversos tipos de colecionadores, e é bom entender um pouco sobre eles.


Existem os: - colecionadores apreciadores de arte, que são pessoas ricas (realmente ricas) que gostam de colecionar arte pelo prazer disso. - colecionadores traders, são pessoas que tem poder econômico mas que não necessariamente compram obras por gostar da mesma, eles compram pensando como mercadoria que vai ganhar valor, logo que poderá ser revendida por muito mais em um futuro (longo ou não). São pessoas que investem nas obras de acordo com o mercado e com a ascendência do artista em questão. Então, mesmo que a arte não seja comprada por um apreciador dela, é um bom indicativo de que esse trader vê um valor crescente no artista.

- colecionadores artistas, são artistas que tem algum poder aquisitivo prévio ou que vendeu obras para aquele primeiro colecionador. São artistas que querem fazer esse mercado girar ainda mais e devolver parte da sua conquista para a comunidade.

Todos eles são pessoas e querem ser tratados como tal.


Então, os NÃOs:


- Não vai na DM dos colecionadores com links de peças disponíveis.

Imagina como é desagradável lojas te mandando mensagem no privado porque acham que talvez você se interessa pelo produto, não é legal. O marketing que funciona é aquele que transforma o produto em mais do que apenas um produto, e arte por si só é mais do que só um produto.

Tem colecionador que não necessariamente se incomoda com esse tipo de atitude, mas a maioria deles considera isso bem invasivo a ponto de cortar como uma possível futura compra, não da peça, do artista em geral. - Não ficar marcando colecionadores em posts sem um proposito genuíno.

Primeiro que provavelmente colecionadores que tem seus perfis públicos já recebem muita notificação num geral, então as chances de ele prestar atenção ou mesmo ver são muito baixas. Para a comunidade pode soar ruim pois marcar diretamente parece um tanto preguiçoso do que criar o seu caminho até o colecionador como todos fazemos.

Os SIMs:


- Boa parte dos colecionadores são abertos a conversar quando tem tempo para tal. Pode mandar mensagem para colecionador, conversar como conversaria com outras pessoas e conversar sobre o mercado para entender a visão dele sobre isso. Mas lembre-se, você não está lá para convencer ninguém de comprar o teu trabalho, a outra pessoa não tem nenhum compromisso com você. - Mostrar os seus progressos, falar sobre artes vendidas, exposições, se dar valor sem vergonha. Aqui no Brasil as pessoas tem um pouco de vergonha de mostrar seus feitos para não parecer arrogante, mas normalmente não é assim lá fora. Mostra seus trabalhos, coisas que você conquistou, com quem já trabalhou antes. De fato gera valor e pode chamar atenção dos traders, pessoas que tem consistência e uma história prévia tem mais tendência de crescer e se manter no mercado. Afinal, para traders não é interessante investir em comprar obras de novos artistas que podem só desistir amanhã.


- Crie relações com outros artistas. Eu sempre vou voltar pra esse tópico.

Além de ser uma incrível experiência estar rodeado de artistas e poder ter ajuda e ajudar, há grandes possibilidades de alguém do grupo vender uma ou mais peças e investir em você. Isso porque vocês tem uma relação próxima, logo ele provavelmente gosta do seu trabalho e isso levou vocês a se conectarem.

Concluindo, trabalhe seu marketing, demonstre interesse, seja parte da comunidade. Desta forma você estará criando um nome e quando chegar aos olhos de um colecionador interessado e com capital para isso, terá muito mais chances de vender suas peças.


Espero que isso ajude, caso alguém tenha dúvidas pode me contatar nas redes sociais @daisatj. Photo by Adrianna Calvo from Pexels

37 views0 comments

Recent Posts

See All