Como Agregar Valor as suas Obras - NFT dicas

Começando com uma breve apresentação: meu nome é Daisa, sou fotógrafa e artista digital, estou no mundo das NFTs por 4 meses e vendi peças na Foundation, uma coleção na OpenSea, diversas edições no HicEtNunc, uma peça na Kamalint e na Rarible.


Mais do que vendas, agregar valor as obras é muito mais complexo do que apenas precificar o seu trabalho (que por si só já é um trabalho complexo). Muitas pessoas tem a mesma dúvida, de quanto cobrar, qual o valor da primeira obra? Qual plataforma? Edição única? Colecionável?

Conversando com meus colecionadores, participando de grupos de Discord and Twitter Spaces aprendi muito, inclusive coisas que eu fiz 'errado' do ponto de vista de mercado.


Como conseguir chegar em um Colecionador de NFT?


Existem alguns fatores importantes a se considerar, coisas que colecionadores prestam atenção mesmo que você não saiba.


1- Consistência, se faça presente. Quem é visto é lembrado e quando você mantém consistência, tem um portfólio prévio as NFTs, se mostra disposto a longo prazo, isso agrega valor. Pois demonstra que você pretende ficar e trabalhar para cada vez mais gerar conteúdos e fortalecer sua 'marca', e consequentemente isso gera mais valor para os seus colecionadores.


2- Engajamento com a comunidade. Além de ser incrível para o desenvolvimento profissional mostra a possíveis colecionadores que vale a pena investir em você pois você investe na comunidade com tempo, dicas, suporte aos outros artistas. Pessoas que criam relações reais tem muito mais tendências a ficar e se empenhar.


3- Estude as plataformas! Este é o conselho mais básico, mas extremamente importante. Cada plataforma tem seus diferenciais, entenda os pontos fortes e use-as a seu favor! Colecionadores normalmente tem plataformas preferidas ou moedas preferidas, entenda o seu nicho, como apresentar o seu trabalho e onde ele se encaixa melhor.


4- Seja genuíno. Neste caso não estou falando de ter um estilo único, mesmo que seja uma dica também. Seja genuíno como pessoa, seja fiel a sua história e a sua arte. Uma coisa que acontece com certa frequência é ver artistas com um estilo mudando para alcançar vendas, e as vezes até conseguem, entretanto em isso pode demonstrar falta de autenticidade, perca da identidade que vinha sendo construída, logo de valor.


5- Seja humilde. São poucos os artistas de meios tradicionais que podem chegar cobrando valores exorbitantes, pois os colecionadores tradicionais ainda não estão no mundo digital. Crie a sua presença como todos os outros, é um mundo novo, uma comunidade que busca crescer juntos.


6- Use suas conquistas. Parece contradição ao item anterior, mas não é. Ter prêmios, exposições, galerias, publicações, tudo agrega valor, demonstra consistência e um currículo. Não tenha vergonha de mostrar suas conquistas(mas seja humilde)!


7- Dedique tempo ao precificar seu trabalho. Ao mesmo tempo que cobrar demais por uma peça é um sinal vermelho, cobrar de menos também pode afastar vendas. Se você quer criar a sua 'marca' e ser conhecido, se você acredita no seu trabalho isso deve se refletir no valor.


8- Consistência de preço. Existem formas de construir esse valor, você pode (e deve) tentar plataformas diferentes, valores diferentes, coleções ou edições únicas. Mudanças de preços, principalmente diminuição, não são bem vistas num geral, pois demonstra que o artista não está seguro.

E se você ver traders falando que 'como o ETH está alto pode ser legal diminuir o valor' não siga essa dica, primeiro que fica registrado a mudança de valor, muitas vezes você gasta para fazer isso e ninguém diz 'como o ETH tá baixo os artistas deveriam aumentar o valor'. Colecionadores sérios não fariam isso, no máximo poderiam entrar em contato direto com o artista e negociar um valor mais acessível de acordo com o ETH no momento.


Guia de boas condutas NFT - para artistas


Lembre-se que todas as transações, mint, list, mudança de preço, queima de obra, tudo fica registrado na BlockChain.


Muitas pessoas não tem tanto tempo disponível para engajar nas redes sociais, mas é muito mais questão de qualidade do que quantidade. Faça a diferença, escolha grupos que fazem sentido com o seu nicho e participe, dedique o tempo que você tem com qualidade a esses espaços.


O mundo NFT exige tempo, dedicação e paciência. Você já deve ter ouvido diversas vezes pessoas falando sobre o tal 'longo prazo', investir agora que ainda é o início para colher mais para frente. Muitos artistas se frustram e abandonam o mercado antes mesmo de construírem a sua base. Uma analogia recorrente é que o mercado NFT não é uma corrida de 100 metros, é uma maratona. Não é sobre estourar agora e parar, é sobre se manter consistente, no seu ritmo ao longo do percursos, descansar, ganhar fôlego, mudar de estratégia se preciso. E não existe um só ganhador, não é uma competição.

Dicas para entrar no Mundo NFT - Para Artistas

Se tem uma coisa que eu aprendi é que existem muitos colecionadores, muito dinheiro, muita coisas coisas para aprender, muita evolução pela frente, pessoal, profissional, do mercado. E é só o começo...



429 views1 comment

Recent Posts

See All